• DVC Seguros e Benefícios

Plano de saúde ou seguro saúde: quais as diferenças?

Uma pesquisa realizada pelo Datafolha mostrou que a saúde é a principal preocupação dos brasileiros. E, para suprir falhas já conhecidas do sistema público de saúde, alternativas vêm ganhando cada vez mais espaço. Neste cenário, na hora de procurar soluções, uma dúvida comum é sobre as diferenças entre plano de saúde e seguro saúde.

Esse é o seu caso? Então, acompanhe o nosso post e saiba mais sobre o assunto!

Plano de saúde x seguro saúde

O objetivo do plano de saúde e do seguro saúde é o mesmo: oferecer assistência médica e hospitalar aos beneficiários. Outro aspecto em comum é a regulamentação de ambos os serviços, realizada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Mas qual a diferença entre os dois?

No primeiro caso, o cliente pode realizar consultas, exames e atendimentos na rede de atendimento credenciada ao plano. Já, no segundo, o usuário tem liberdade para escolher médicos, clínicas e hospitais que mais lhe agradam.

Ou seja, no seguro saúde, é possível contar com profissionais e locais de atendimento que não sejam conveniados. E como ficam os reembolsos? O ressarcimento do serviço utilizado pelo usuário é válido em todo o Brasil. Só que o valor reembolsado depende do tipo de seguro contratado.

Com a contratação do plano, por sua vez, os beneficiários podem utilizar os serviços de assistência médica prestados por entidades e profissionais credenciados pelas operadoras. Há tipos de planos que possibilitam a escolha do atendimento por meio de reembolso, mas essa opção deve constar em contrato.

Qual o melhor plano ou seguro saúde para empresas?

Agora que você já conhece as diferenças entre plano de saúde e seguro saúde, é importante escolher a melhor opção para sua empresa. Veja dicas a seguir:

Verifique a idoneidade da operadora

Como dissemos, tanto o plano quanto o seguro saúde são fiscalizados pela ANS. Por isso, a primeira atitude a se tomar é verificar se a operadora possui registro no órgão. Lá, você consegue ver o índice de reclamação, a qualificação na ANS e empresas com suspensão de venda dos planos.

Analise a cobertura

Outro aspecto importante na escolha do benefício que será oferecido aos colaboradores é o tipo de contrato. Ou seja, se abrange atendimento ambulatorial, hospitalar, com ou sem obstetrícia, tipo de acomodação em caso de internações, entre outros.

Além disso, é importante verificar se seu negócio estará bem atendido com a abrangência local. Ou se é mais interessante a cobertura nacional, principalmente se as viagens a trabalho são comuns na sua empresa.

Prazos de carência

Normalmente, os planos empresariais oferecem carências especiais para os contratantes. Inclusive, as carências podem ser reduzidas ou até mesmo eliminadas.

No entanto, vale saber que a ANS determina alguns prazos máximos de carência para os serviços assistenciais de saúde. Por exemplo:

  • 24 horas para emergências;

  • 180 dias para consultas, exames e internações;

  • 24 meses para doenças pré existentes;

  • 300 dias para parto.

Porém, cada operadora é livre para determinar o prazo de carência dentro desses parâmetros máximos. E, como comentamos, é comum os planos empresariais oferecerem condições especiais.

Consultoria especializada para escolha do seu serviço

Se você quer total segurança na escolha do plano de saúde ou seguro saúde para o seu negócio, deve contar com o auxílio de profissionais experientes e capacitados.

A DVC Seguros possui um atendimento consultivo e próximo aos clientes para entender a sua realidade. Com isso, é possível oferecer as melhores alternativas para o seu negócio, pensando em atender às suas necessidades e no custo-benefício. Atuamos em 4 fases:

  • Análise das necessidades da sua empresa;

  • Apresentação das soluções mais adequadas;

  • Implantação do planejamento;

  • Acompanhamento contínuo.

Que tal contar com a ajuda dos nossos consultores? Então, entre em contato com a DVC agora mesmo!

0 visualização0 comentário