• DVC Seguros e Benefícios

Cobertura de plano de saúde: conheça prós e contras de cada tipo

Contratar um plano de saúde é o terceiro maior objetivo dos brasileiros, segundo pesquisa realizada pelo Ibope. Entretanto, existem diversas coberturas de assistência médica. Cada uma conta com com suas particularidades, vantagens e desvantagens.

As principais modalidades existentes são:

  • Ambulatorial;

  • Hospitalar sem obstetrícia;

  • Hospitalar com obstetrícia;

  • Referência.

Para ajudá-lo a entender melhor, preparamos esse material para detalhar cada uma dessas opções, suas diferenças e os benefícios de cada uma. Confira!

Cobertura ambulatorial

A cobertura ambulatorial do plano de saúde abrange consultas médicas em clínicas e consultórios, exames, tratamentos e procedimentos ambulatoriais.

Esse tipo de cobertura possui custo mais baixo, mas não assegura internações ou procedimentos que necessitem de estrutura médica por mais de 12 horas. Deste modo, caso precise de atendimento superior a essas 12 horas, você será encaminhado para o SUS ou poderá arcar com os gastos extras do atendimento.

O recomendado é usar este plano como apoio médico para situações pontuais e emergenciais. Afinal, ele não resguarda você nem sua família de internações e cirurgias. Então, se você tiver histórico de problema de saúde ou alguém na família com doenças crônicas, vale a pena procurar outra opção.

Cobertura hospitalar sem obstetrícia

Neste caso, a cobertura abrange toda a prestação de serviço da modalidade de internação hospitalar. No entanto, esse serviço não cobre parto e acompanhamento médico do obstetra.

Assim, o plano de saúde hospitalar sem obstetrícia é ideal para homens e para mulheres que não desejam ter filhos.

Além disso, este tipo de plano originalmente não possui cobertura de consultas, exames e procedimentos ambulatoriais. Mas a cobertura hospitalar pode ser combinada com a ambulatorial, tornando a assistência mais completa.

Cobertura hospitalar com obstetrícia

O plano de saúde com obstetrícia oferece todas as coberturas da modalidade hospitalar mais o parto. Neste caso, também podem ser adicionados os serviços referentes ao plano ambulatorial.

Assim, apesar de ser mais caro, é o plano que oferece a maior cobertura e ainda assiste o recém-nascido durante os primeiros 30 dias após o parto. Caso algum cuidado seja necessário após os 30 dias, a operadora não tem responsabilidade de cobrir o atendimento.

Portanto, neste período, os pais já devem procurar a inclusão do filho no plano para garantir a sua proteção.

Cobertura de referência

Este sim é o plano mais completo que existe e prevê a realização de todos os exames e tratamentos das opções hospitalar e ambulatorial. Assim, é considerado referência em atendimento e cobertura.

Esta modalidade garante as seguintes coberturas:

  • Assistência médico-ambulatorial;

  • Assistência hospitalar, com acomodação em enfermaria;

  • Exames;

  • UTI;

  • Tratamento de obstetrícia.

O plano de referência precisa estar de acordo com as regras da Agência Nacional de Saúde Suplementar e oferecer a relação de procedimentos médicos mínimos obrigatórios.

Como contratar o plano de saúde ideal para a sua necessidade?

Para entender todas as coberturas e contratar o plano de saúde que atenda às suas necessidades, é ideal contar com uma empresa séria, experiente e de confiança.

A DVC Seguros tem profissionais altamente capacitados e preparados para oferecer atendimento personalizado e contínuo mesmo após a contratação do serviço.

Além disso, temos parcerias com as maiores operadoras de saúde do Brasil e do mundo. Tudo para os nossos clientes da melhor maneira possível.

Entre em contato com o nosso time de especialistas e tenha as melhores ofertas em plano de saúde!

1 visualização0 comentário